Saúde promove palestra sobre hipertensão arterial na Academia Municipal

Com a finalidade de emitir esse alerta que se celebra, em 26 de abril, o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, a Secretaria da Saúde promoveu a palestra de esclarecimentos sobre a doença. O evento foi realizado na Academia Municipal pela Dra Cristiane e contou com a presença de dezenas de pessoas da comunidade local, médicos, enfermeiras, servidores e alertou a todos sobre a importância dos cuidados e prevenção da doença.

A secretária da Saúde, Giovanna Falonne, orienta que a melhor maneira de descobrir se é hipertenso é aferindo a pressão com regularidade. “A pessoa que tem pressão alta pode levar uma vida normal, mas é preciso mudar alguns hábitos, como praticar esportes regularmente, evitando o sedentarismo, ter uma alimentação saudável, não consumir bebida alcoólica, nem fumar”, complementou.

Os principais vilões para o surgimento da hipertensão são sobrepeso e obesidade. No entanto, há outros fatores como ingestão de bebidas alcoólicas, diabetes, estresse, fumo, colesterol elevado, alto consumo de sal, alimentação incorreta, sedentarismo.

Estatísticas

Pesquisas da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) indicam que a pressão alta atinge 30% da população adulta brasileira, chegando a mais de 50% na terceira idade e está presente em 5% das crianças e dos adolescentes no Brasil.

Ainda segundo a SBH, anualmente, quase 300 mil pessoas morrem no Brasil de doenças cardiovasculares, mais da metade decorrente de pressão alta. As doenças cardiovasculares são responsáveis pelo maior número de óbitos no Brasil, seguido por mortes por câncer e causas externas (como violência).